Wellington Dias anuncia concurso com 690 vagas para a PM do Piauí

O concurso busca reduzir o déficit de agentes, principalmente em municípios do interior.

Atendendo a demanda da categoria, o governador piauiense Wellington Dias (PT) assinou na segunda-feira, 14 de dezembro, a autorização para a realização de um concurso público para a Polícia Militar do Estado. Ao todo, o certame prevê o preenchimento de 690 vagas, sendo 650 para soldados e 40 para oficiais.

O concurso busca reduzir o déficit de agentes, principalmente em municípios do interior do Piauí e terá a Nucepe como banca organizadora. “ Queremos reconhecer todo esse esforço, e junto com a Uespi e Nucepe já trabalhar esse edital, e quem sabe divulgar ainda este ano, no início do ano começar as inscrições e no meio de 2021 já ter esses policiais, vamos continuar dando passos largos”, afirmou o comandante da PM no Piauí, coronel Lindomar Castilho.
O secretário estadual de Segurança Rubens Pereira comemorou o anúncio, destacando ainda a previsão de novos investimentos para o setor, inclusive com o telemonitoramento. “Quero em nome da segurança pública agradecer o esforço que o Governo do Estado vem empreendendo para reforçar a área. Essa semana já teremos o empenho de recursos federais para a aquisição de viaturas, vamos ter uma execução no ano que vem de R$ 5 milhões para reforma de delegacias, e já estamos também licitando o sistema de televigilância no Piauí; queríamos ter mais de mil vagas, mas tem que ter responsabilidade”, frisou.