Piaui larga na frente e cria gabinete de crise contra atos terroristas

Operaçao contra atos antidemocraticos faz Piaui criar gabinete de crise

Secretaria de Segurança cria gabinete de crise contra atos antidemocráticos e divulga telefone para denúncias 

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí instituiu um gabinete de crise contra atos antidemocráticos, depois que vândalos invadiram ontem as sedes dos três poderes em Brasília, danificando os Palácios da Justiça e do Alvorada e o Congresso Nacional e depredando o patrimônio público.

O gabinete de crise conta com integrantes das Polícias Civil e Miliatar, Secretaria de Segurança Pública e Secretaria de Governo. Entre os integrantes, estão o Superintendente de Operações Integradas, delegado Matheus Zanatta, o Delegado-Geral Lucy Keiko, e o Comandante-Geral da PM, Scheiwann Lopes da Silva. O objetivo é prevenir e evitar que atos terroristas sejam praticados no Piauí, a exemplo do que aconteceu em Brasília na tarde de domingo.

O gabinete também pretende auxiliar os órgãos de investigação na produção de provas. 

A secreta também disponibiliza um telefone/whatsapp (86) 99492-3705 para recebimento de informações sobre ações planejadas contra as instituições da República.

Fonte: ascom

Saiba mais sobre: