PI vai receber 87 mil doses e iniciará vacinação dos idosos de 60 a 64

A informação foi divulgada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Um novo lote de vacinas contra Covid-19, que chegará ao Piauí na próxima sexta-feira (16), vai iniciar a vacinação dos idosos de 60 a 64 anos. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) na tarde desta quarta-feira (14).  O Piauí deve receber 87 mil doses. 

As doses serão usadas para imunizar o público de 60 a 64 anos; de 65 a 69 anos; trabalhadores de saúde e Forças de Segurança, informa a Sesapi. 

Coronavac
Com as 34 mil doses da Coronavac, o Piauí destinará as vacinas para: segunda dose em 2% dos trabalhadores da saúde; segunda dose de 23% do público de 65 a 69 anos; primeira dose de 3% dos trabalhadores da saúde;  primeira dose de 6% dos trabalhadores das Forças Armadas e Segurança; primeira dose de 1,9% das pessoas de 60 a 64 anos. 

Astrazeneca
As 53 mil doses da Astrazeneca serão para:
primeira dose de 46% das pessoas de 65 a 69 anos; primeira dose de 0,5% dos idosos de 60 a 64 anos. 

O secretário de Saúde, Florentino Neto, ressalta que os protocolos sanitários devem ser respeitados mesmo com a campanha de vacinação.  Não devemos relaxar nos cuidados porque seguir os protocolos salva vidas”, diz o gestor. 
O governador Wellington Dias reforça que as pessoas precisam tomar “a vacina porque é a nossa melhor chance de sair dessa pandemia”, afirma. 

Pacientes renais

A Sesapi também informou que "já enviou aos municípios as doses da vacina contra a Covid-19, para pacientes renais crônicos.  Serão imunizadas mais de duas mil pessoas que passam por tratamento de hemodiálise. O esquema de vacinação de pacientes renais só foi possível após a aprovação em Comissão Intergestora Bipartite (CIB)".

Para realizar a imunização dos renais crônicos, que somam 2.238 pessoas, foi estabelecido, pela Sesapi, "que as secretarias municipais de saúde, responsáveis pelo processo de vacinação, realizem a aplicação das doses nas clínicas de hemodiálise, onde cada paciente faz o tratamento".

“Após levantamento junto a Associação dos Pacientes Renais Crônicos do Piauí, onde obtivemos a lista com nome e CPF e toda documentação necessária de cada paciente, decidimos enviar o quantitativo de imunobiológicos, para que cada cidade faça o deslocamento até o local onde esses pacientes são atendidos”, explica a diretora de Vigilância em Saúde da Sesapi, Cristiane Moura Fé. 

No Piauí seis cidades contam com esse tipo de tratamento de terapia renal substitutiva em onze clínicas de hemodiálise, são elas; Teresina, Campo Maior, Picos, Parnaíba, Bom Jesus e Floriano.

Nesta quarta, cerca de mil pacientes renais crônicos começam a receber vacinação contra a Covid-19 em Teresina. A informação foi divulgada nesta manhã pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), que organizou o cronograma em parceria com as clínicas que acompanham estes pacientes.