Ocupação de leitos de UTI no Piauí é a maior desde junho e chega a 79%

Pico do final de semana é maior que junho

Boletim da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí (Sesapi) aponta que os leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) chegaram a 79,5% de ocupação este final de semana, a maior já registrada desde junho do ano passado. 

O sinal vermelho foi aceso e representantes do COE de Teresina e do Estado se reuniram neste domingo para adotar novas medidas. 

Pelos dados da Sesapi, Teresina aumentou as internações e chega à ocupação de 84% dos leitos. 

Pelo boletim, divulgado ontem, nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 257 novos casos confirmados e sete óbitos pela Covid-19.

Dos 257 casos confirmados da doença, 141 são mulheres e 116 são homens, com idades que variam de um a 96 anos.

Três homens e quatro mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Eles eram das cidades de Batalha (90 anos), Cajueiro da Praia (66 anos) e Luis Correia (70 anos). As do sexo feminino eram naturais de Jatobá do Piauí (63 anos), Parnaíba (87 anos), Sebastião Leal (74 anos) e Teresina (67 anos). Duas das vítimas não possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 169.722 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 3.249 e foram registrados em 208 municípios. Até agora, morreram 1.901 homens  e 1.348 mulheres. 

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 608 ocupados, sendo 364 leitos clínicos, 229 UTIs e 15 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 9.623 até o dia 21 de fevereiro de 2021.

A Sesapi estima que 165.865 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Pico do final de semana é maior que junho

Em junho do ano passado, Piauí chegou pela primeira vez, em pleno pico da pandemia, a 70% da ocupação de leitos, provocando medidas mais duras no estado e em Teresina.

Ontem, boletim informou que dos 288 leitos de UTIs disponíveis no estado, 229 deles estavam ocupados com pacientes Covid-19 e outras comorbidades. Somente 59 leitos estavam disponíveis.