Mulher acusada de matar garçonete em Teresina é presa em Goiás

Crime ocorreu em 2014 no centro de Teresina
Foto: Ascom DHPPAcusada era dona de uma pizzaria
Acusada era dona de uma pizzaria

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) conseguiram prender a mulher identificada com as iniciais C.R.S, de 30 anos, acusada matar com uma facada no pescoço a garçonete Leiliane Costa Alves, dentro de um restaurante no Centro de Teresina. O crime ocorreu em 2014.

O assassinato teria como motivação passional, já que as duas mantinham um relacionamento com o mesmo homem. Em nota, a DHPP disse que a acusada estava escondida no município de Anápolis, em Goiás.

“O crime ocorreu no dia 08 de novembro de 2014, próximo ao Bar Pé de Manga, localizado na Rua São Pedro, Centro, onde vítima e acusada trabalhavam de garçonete. A vítima encontrava-se no estabelecimento comercial conversando com alguns conhecidos quando foi surpreendida pela autora, que lhe desferiu um golpe de arma branca no pescoço. A vítima ainda fora socorrida por populares que a levaram para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas veio a óbito antes de receber atendimento médico. Após cometer o crime, a acusada C. R. S., natural do Pará, empreendeu fuga do Piauí e estava foragida até a data de ontem”, disse a DHPP.

A Polícia conseguiu chegar à acusada através de uma denúncia anônima. “Os policiais tomaram conhecimento de que a autora estava residindo na cidade de Anápolis, onde se casou e era proprietária de uma pizzaria” completou.

A prisão foi feita em parceria com a polícia de Goiás. Ela deve ser recambiada nos próximos dias para Teresina.