Médico é acusado de estelionato e prejuizo já ultrapassa um milhão

O rombo chega a quase 1 milhão de reais, praticado nos últimos 5 anos.

Um médico que atua em diversas UTI's de hospitais privados de Teresina está sendo investigado pela policia pelo crime de estelionato, aplicando golpes nos cartões de crédito. Ele fazia compras virtuais em nome de outras pessoas e depois ligava pro banco para cancelar essas compras e nao pagar. O rombo chega a quase 1 milhão de reais, praticado nos últimos 5 anos.

Algumas dessas compras foram constatadas pelos bancos como tendo sido praticada por esse medico que entrou com um processo no juizado especial pra tentar pedir indenização contra o proprio banco. Só que o banco apresentou um livro com 400 paginas, provando que o medico era culpado pelas fraudes e ele abandonou as audiencias.