Há três meses de gestão, Prefeitura pode ter mudanças no secretariado

Assistência Social e Finanças seriam as primeiras na gestão
Foto: reproduçãoDr. Pessoa tentar apaziguar os ânimos nos bastidores
Dr. Pessoa tentar apaziguar os ânimos nos bastidores

  

Apesar do Dr. Pessoa negar a possibilidade de mudanças no secretariado da Prefeitura de Teresina, há quase três meses de gestão, nos bastidores, a tendência é que o primeiro órgão que ganhe uma nova coordenação seja a assistência social.

Servidores comentam no Palácio da Cidade que o impasse estaria na intervenção do vice-prefeito, Robert Rios, nas decisões tomadas pela secretária municipal de assistência social e políticas integradas (SEMCASPI), Eliana Lago, que teria mantido grande parte da equipe da antiga gestão do ex-prefeito Firmino Filho.

“A secretária tem uma visão técnica e não política. Isso teria provocado uma mal-estar entre ela e Robert Rios. Dr. Pessoa é contra a saída de Eliana”, disse uma fonte da PMT.

Foto: reproduçãoEliana Lago estaria insatisfeita com as intervenções de Robert Rios
Eliana Lago estaria insatisfeita com as intervenções de Robert Rios

  

Em uma reunião com o prefeito, Robert Rios teria dito que já passou o prazo de transição entre as duas gestões e que precisaria de cargos para acomodar as pessoas que estiveram envolvidas na campanha de Dr. Pessoa.

Para tentar acalmar os ânimos nos bastidores, o prefeito fez questão de elogiar Robert Rios em todas as entrevistas que participou nesta sexta-feira (26) e rechaçar qualquer possibilidade de mudança na gestão.

Além de Eliana Lago, o secretário de finanças Adolfo Nunes também estaria insatisfeito, dessa vez, com Dr. Pessoa, devido a exoneração de uma indicação sua na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh).