Brasil tem recorde diário de mortes por covid em quase 1 mês

A notificação diária de óbitos havia ultrapassado a marca de 800 pela última vez em 14 de novembro.

O Brasil registrou nesta terça-feira 842 novos óbitos em decorrência da covid-19, a maior contagem diária desde meados de novembro, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 178.159, informou o Ministério da Saúde.
A notificação diária de óbitos havia ultrapassado a marca de 800 pela última vez em 14 de novembro, quando 921 mortes foram registradas, de acordo com os dados do governo.

Além disso, também foram confirmados nesta terça-feira 51.088 novos casos da doença provocada pelo coronavírus, com o total de infecções no país atingindo 6.674.999, acrescentou o ministério.

O consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL levantou, junto às secretarias estaduais de Saúde, 796 mortes e 47.850 casos nas últimas 24 horas. Ao todo, os veículos de imprensa registraram 178.184 mortes e 6.675.915 infecções pelo novo coronavírus.

Com isso, o país retomou o patamar dos 50 mil casos diários, após as quedas que costumam ocorrer aos domingos e segundas, quando os números da pandemia ficam abaixo da média em função de um represamento de testes.

Em meio a um repique da doença, este é o maior nível diário de casos desde 28 de novembro, quando o país contabilizou 51.922 infecções.